PREFEITURA DESMENTE DENÚNCIA E LAMENTA QUE VEREADOR QUEIRA PRIORIDADE NO ATENDIMENTO

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

A Constituição Federal assegura que o acesso à saúde é direito de todos, dever do Estado e deve ser ofertada de forma universal e igualitária. Assim agimos na administração pública de Saloá, oferecendo acesso à saúde de forma igualitária, sem fazer distinção das pessoas que procuram os serviços. Nesta terça-feira (14) fomos surpreendidos com uma denúncia de que a Seceretaria Municipal de Saloá teria negado atendimento médico a uma criança, filha do vereador Zé Cabeleireiro.

A informação não corresponde com a realidade, pois foi oferecido atendimento médico no PSF e no Hospital para a paciente, mas os responsáveis queriam que o pediatra fizesse o atendimento. Ocorre que consultas com esse profissional são realizadas com agendamento prévio na secretaria de saúde seguindo fila de espera. O pediatra atende 16 pessoas por semana, e ao contrário do relatado não tínhamos cota sobrando e sim pacientes que ainda não tinham pego autorização, mas que tinham confirmado a presença. Todos os 16 pacientes pegaram autorização conforme protocolo de entrega.

É de lamentar o fato de que um vereador, que tem a missão de zelar pela legalidade e a igualdade queira ser beneficiado, tendo atendimento prioritário. Em Saloá, primamos pela igualdade dos serviços, ou seja, temos triagem, agendamento de consultas, mas também disponibilizamos médicos para atendimento. Por fim, reafirmamos o nosso compromisso de continuar trabalhando para a população de Saloá e atuando para que a saúde seja universal e igualitária.

Secretaria Municipal de Saúde de Saloá

Saloá, 14 de janeiro de 2020


Ir para o Topo do Site
Logo
CONTATO

bsncomercial@gmail.com

 

CONTADOR DE VISITAS:    counter free