“AIRBAGS MORTAIS” AINDA EQUIPAM MAIS DE 1 MILHÃO DE VEÍCULOS NO BRASIL

  • Publicado em Sexta, 13 Abril 2018 12:11
  • Escrito por Saloá Notícias
Tamanho do texto:

1_mRYN4cuuq1-qtkTUI5P9CQMais de 1 milhão de carros brasileiros ainda possuem os chamados “airbags mortais”, fornecidos pela fabricante japonesa Takata. São equipamentos defeituosos que abrem com tanta força que atiram pedaços de metal contra os ocupantes. Há cerca de uma semana, o portal G1 da Globo pediu às 15 fabricantes que fizeram ao menos um recall dos "airbags mortais" o número de veículos envolvidos e o índice de atendimento. Chevrolet, Subaru e Ford informaram que não iriam disponibilizar essas informações.

A BMW não forneceu os números de recalls atendidos e, após a publicação da reportagem, disse que as informações seguem as mesmas do levantamento feito no ano passado. Veja mais abaixo. O escândalo veio à tona 5 anos atrás. Envolveu, em todo o mundo, mais de 30 milhões de veículos de diversas marcas: o maior recall da história. O defeito também está relacionado com a morte de pelo menos 22 pessoas, além de 180 feridos (conheça a história de algumas vítimas). Não há relatos de nenhuma ocorrência no Brasil.

Mais de 2 milhões de carros, de 15 diferentes marcas, foram chamados para a troca da peça defeituosa, chamada insuflador, durante esses 5 anos no país. A grande maioria é da Honda e da Toyota. A Ford foi a mais recente, com recall aberto no mês passado. Isso significa que apenas cerca de 800 mil proprietários foram às concessionárias em busca de uma solução. A Toyota foi a marca que mais convocou veículos para recalls pelos “airbags mortais”. Até agora, foram 882.748 unidades de 7 modelos diferentes.

A conta também inclui carros da Lexus, a divisão de luxo do grupo. Deste montante, 41,3% já recebeu atendimento. Isso representa 364,5 mil carros. Ou seja, mais de meio milhão de proprietários ainda não submeteram os veículos ao reparo.  Fonte: Globo.com