Deprecated: Non-static method JSite::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/saloanoticias/www/templates/saloa_noticias/lib/framework/helper.layout.php on line 109

Deprecated: Non-static method JApplication::getMenu() should not be called statically, assuming $this from incompatible context in /home/saloanoticias/www/includes/application.php on line 536

MINISTÉRIO PÚBLICO PEDE A CASSAÇÃO DO PREFEITO GENALDI ZUMBA

  • Publicado em Sábado, 14 Setembro 2013 22:22
  • Escrito por Saloá Notícias
Tamanho do texto:

Genaldi ZumbaO clima esquentou de vez no município de São João. O procurador eleitoral Antônio Edílio Magalhães Teixeira, acatando recurso interposto pela Frente Popular, pediu a cassação do prefeito e do vice-prefeito de São João, Genaldi Zumba e José Florêncio Costa. A decisão foi tomada como base na precária prestação de contas da chapa vitoriosa na eleição de 2012.

"Primeiramente, analisando-se a prestação de contas dos candidatos, verifica-se, imediatamente, irregularidade de natureza grave referente a não abertura de conta da campanha. Isso impediu o controle fiscalizatório por parte da Justiça Eleitoral, que não teve como analisar a regularidade das despesas e receitas naquela ocasião. Em defesa, afirmou-se que os recursos tramitaram todos por conta bancária do partido, porém tal alegação não foi comprovada, e não foram juntados os extratos bancários da referida conta", escreveu o procurador no seu parecer.

Em outro trecho, o procurador Antônio Edílio registrou que "em suma, procuraram os candidatos se eximir das responsabilidades de declarar as despesas e gastos efetuados por ocasião de sua campanha eleitoral. Tal conduta foi cabalmente de encontro ao previsto na Lei das eleições, havendo sido comprovada a ilicitude dos recursos utilizados que tramitaram livremente na penumbra, sem qualquer possibilidade de controle e fiscalização de legalidade pela Justiça Eleitoral".

No final da sentença, o representante do Ministério Público Eleitoral pede que o TRE marque o dia para uma nova eleição no município de São João, no prazo de 20 a 40 dias. A decisão agora fica para o pleno do Tribunal e cabe ao prefeito Genaldi Zumba e seu vice fazerem a defesa na instância superior. O documento assinado pelo procurador é do dia 12 de agosto(ilustração acima), mas só chegou ao conhecimento público esta semana.

FESTA

Independente do que corre nos tribunais, novo incidente ocorreu hoje em São João, envolvendo o vereador Jamesson e o Governo Municipal. O parlamentar é um dos organizadores da festa do povoado de Freixeiras, evento tradicional na região. Ele solicitou até e conseguiu autorização do juiz da comarca para a realização dos festejos. Hoje, no entanto, representantes da Prefeitura foram ao distrito para desmontar a estrutura. O vereador veio a Garanhuns procurar o juiz de plantão no fórum local para tentar resolver o conflito. Seu objetivo é realizar a festa com garantia da Justiça e da Polícia Militar.

Fonte: Blog do Roberto Almeida